Domingo, 22 de Abril de 2007

...

 

 

          A MINHA DOENÇA !!!!!

     O Paulo Farias tem razão na crítica que faz ao meu post anterior. Ele diz, e com razão, que este contem "....uma lógica de raciocínio, que abre várias probabilidades e premissas e não fecha num sentido único....". Eu próprio reconheço a aparente falta de coerência do que escrevi, (que , se calhar não é só aparente.......). Essa confusão que provoco nos outros e em mim mesmo, não resulta apenas da minha falta de capacidade para esquematizar e expor os meus conceitos, mas também de uma malfadada particularidade que sempre me perseguiu: POR MAIS QUE TENTE, VEJO SEMPRE AS COISAS SOB DOIS PONTOS DE VISTA : O ÉTICO E O PRAGMÁTICO. Devo dizer-vos, que esta doença é pior que ter dupla personalidade. Quando há dupla personalidade, cada uma delas se manifesta por sua vez, que eu saiba, mas esta minha doença, implica a presença no meu espírito, do ético e do pragmático ao mesmo tempo, o que torna tudo pior. Imaginem-se a condenarem eticamente alguma coisa e, ao mesmo tempo, alguns dos vossos neurónios a dizerem-vos que ela tem aspectos benéficos e é necessária????

    A partir de certa altura da minha vida, este dilema esteve sempre presente, sendo provavelmente o resultado de uma educação doméstica, de carácter laico, mas onde a ética era o valor principal, combinada com uma formação escolar e universitária virada para o racionalismo mais puro...... Durante a minha vida activa, deixei que a ética vencesse vezes demais e isso bem me prejudicou....A ÉTICA VENCIA , MAS ISSO NÃO QUERIA DIZER QUE O PROBLEMA NÃO FOSSE FRIA E RACIONALMENTE ANALISADO.....PELO QUE , A VITÓRIA DA ÉTICA NÃO ERA MAIS DO QUE UMA FRAQUEZA!

    É muito fácil decidir entre duas soluções baseadas no racionalismo e pragmatismo, mas é muito difícil, quando, na análise do problema incluímos a componente moral. Eu escrevi "moral", e não ética, para baixar o nível do conceito, pois que, a "moral" comum, que também é a minha, é uma caldeirada de conceitos que fomos cegamente buscar  aos avós, aos avós dos avós, etc. Seja o que for , existe, está cá, não sei bem aonde, num canto do cérebro, a "chatear".

   Quando escrevo,  as minhas tristes linhas, estou a conversar comigo mesmo, e portanto aparecem os mais variados conceitos.... verdadeiras caldeiradas de ideias, de comparação de valores, ( coisas impossíveis, claro.....), etc. Se escrevo é para discutir comigo mesmo e, infelizmente: AS COISAS SÓ SÃO SIMPLES Á SUPERFÍCIE, e muitas vezes, superam a minha competência!

publicado por mochovelho às 20:18
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim


ver perfil

. 1 seguidor

pesquisar

Agosto 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

AS APLICAÇOES PRÁTICAS D...

DESCRIMINAÇÃO

VIVA A BADERNA

HAVERÁ TERCEIRA VIA??

Há terceira via??????

O PADROEIRO

EMÉTICO

ACUDAM !!!!!

...

BIBA!BIBA!BIBA!

TERRORISMO E PRESERVATIVO...

A CRISE

DISCIPLINA

O QUE SERÁ?

O REGRESSO DOS ABUTRES

O IMOBILIÁRIO

A CRISE

QUE TAL....

Aonde vamos????

DUARTE de ALMEIDA

arquivos

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

links

blogs SAPO

subscrever feeds