Terça-feira, 13 de Fevereiro de 2007

O ABORTO- CONTINUAÇÃO

   Paula Rego, pintora portuguesa, está considerada como um dos quatro maiores pintores vivos (meio milhão de euros por um quadro de um pintor ainda vivo e em actividade é muito raro....). Paula sempre foi uma feminista fervorosa... a sua obra é um panfleto contra a condição de subjugação feminina pelo homem e pela sociedade. Dentro desse espírito, e incluída numa extensa obra, Paula pintou uma colecção de magníficos quadros tendo o aborto como tema. Foi uma explosão nos meios artísticos ingleses e europeus, (Paula vive e trabalha em Londres), pela ousadia do tema, e coragem da pintora. Não sei se, por uma questão de direitos de autor, ou por censura, é difícil encontrar na net as suas obras mais polémicas. Da referida colecção consegui encontrar apenas os dois acima expostos,( suponho que sejam dessa colecção...). É pena, porque me lembra bem, de outros quadros onde o tema era completamente explícito, a combinação de solidão, dor, sofrimento e coragem dos personagens pintados.
 
   A pintora merece muito mais do que mostrei e disse, mas isto serviu apenas de intróito, (bastante extenso, desculpem), ao que escrevo a seguir:
 
 Aqui, no “quintalinho” , foi aprovada por referendo, a liberalização do aborto até ás dez semanas de vida do feto. Eu podia dizer: até dez semanas pós a concepção, mas é de propósito que digo “vida” pois não quero usar as palavras para me desresponsabilizar. Os resultados do referendo andaram á volta dos seguintes valores: votantes 51%, abstenção 49%, SIM- 62% , NÃO-38%. Seguiram-se programas televisivos, debates até á exaustão, para analisar os resultados. A esquerda, é reconhecidamente, por tradição, a facção que empunha a bandeira da liberalização. A direita, dá a mão á igreja e toma a atitude mais conservadora possível. Esta situação dá para partidarizar um assunto destes, o que classifico de infame estupidez. Somos inundados de debates pseudo - filosóficos , com médicos , advogados, políticos profissionais, padres, etc.etc.. E não há quem lhes diga, ou tenha oportunidade de lhes dizer o seguinte:
 
  EU VOTEI SIM, E VOTEI SIM PARA VOS AJUDAR A VOCÊS
POLÍTICOS E QUEJANDOS A GERIREM A MISÉRIA E A DESGRAÇA. PORQUE NA REALIDADE É ISSO QUE VOCÊS SE LIMITAM A FAZER, GERIR A MISÉRIA, EM VEZ DE COMBATÊ-LA ATÉ Á SUA MINORAÇÃO SIGNIFICATIVA.
 O ABORTO RESULTANTE DE ATITUDES DE PREGUIÇA DE “DEIXA ANDAR” OU DA VONTADE É RARO. AS SUAS CAUSAS PROFUNDAS ESTÃO NA MISÉRIA ECONÓMICO - SOCIAL, NOS COMPORTAMENTOS SOCIALMENTE ERRADOS, NA FALTA DE INFORMAÇÃO, QUIÇÁ NA MISÉRIA MORAL, OU SEJA, NAQUELAS COISAS QUE VOCÊS DEVIAM COMBATER COM DENODO E EFICÁCIA, NÃO O FAZENDO POR IMCOMPETÊNCIA OU FALTA CORAGEM.
 
 PORTANTO, A CAUSA PROFUNDA DO MEU SIM NESTE REFERENDO DEVE-SE Á VOSSA INCOMPETÊNCIA, ENÃO ESTOUDISPOSTO A PERDOAR-VOS ISSO.
publicado por mochovelho às 18:25
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim


ver perfil

. 1 seguidor

pesquisar

Agosto 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

AS APLICAÇOES PRÁTICAS D...

DESCRIMINAÇÃO

VIVA A BADERNA

HAVERÁ TERCEIRA VIA??

Há terceira via??????

O PADROEIRO

EMÉTICO

ACUDAM !!!!!

...

BIBA!BIBA!BIBA!

TERRORISMO E PRESERVATIVO...

A CRISE

DISCIPLINA

O QUE SERÁ?

O REGRESSO DOS ABUTRES

O IMOBILIÁRIO

A CRISE

QUE TAL....

Aonde vamos????

DUARTE de ALMEIDA

arquivos

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

links

blogs SAPO

subscrever feeds