Segunda-feira, 19 de Maio de 2008

PARABÉNS

   ESTE POST É DEDICADO Á MINHA CYBER-AMIGA

 

               DÉBORA BELLANTANI

         

    Os computadores e os extraordinários avanços das tecnologias de comunicação tornaram este mundo mais pequeno. Já não temos amigos apenas numa região geográfica restrita... Podemos tê-los em quase todo o mundo..... Umas vezes vale a pena... outras não! A MINHA AMIGA DÉBORA É DAQUELAS QUE VALE A PENA...nâo só pelo seu magnífico blog, onde toda a e qualquer leitura me delicia, mas também pelo que comunicamos e partilhamos de vez em quando, no mundo dos “Messenger”.

   A minha amiga celebra o seu aniversário amanhã e eu só tenho estas tristes linhas mas sinceros votos para lhe dar:

 

   DÉBORA, QUE CELEBRES MUITOS ANIVERSÁRIOS DEPOIS DESTE, ACOMPANHADA PELOS TEUS ENTES QUERIDOS, E QUE TODOS TENHAM SAÚDE, QUALIDADE DE VIDA, A COMEÇAR POR TI. QUE TU E OS TEUS POSSAM DIZER ; EM CADA ANO QUE PASSA :

 

  APESAR DE TUDO,VALEU A PENA!

 

 

publicado por mochovelho às 14:08
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 8 de Maio de 2008

RESTAURANTE FLORIDO

 

    As árvores á volta do prédio onde moro começam a ter folhas......Algumas não as perderam, porque são de folha perene, mas a maior parte é de folha caduca, e ficam nuas no inverno. Se há coisa que me agrade no local onde moro é o facto de estar rodeado de jardins.... Se fosse budista diria que devo ter sido herbívoro na minha existência anterior.... burro, talvez, e que ficaram sequelas.

     Sou do género de subir a uma montanha e ficar pasmado no cume a olhar o milagre que é a natureza á minha volta......Mas sabem, só gosto da natureza vista a esta dimensão, porque, se arriscar uma observação mais pormenorizada só encontro “coisas” a comerem-se umas ás outras....O Woody Allen tinha razão ao dizer: “ O PLANETA TERRA NÃO PASSA DE UM ENORME RESTAURANTE”....KKKKK!

 

publicado por mochovelho às 19:10
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quarta-feira, 7 de Maio de 2008

RAÇA?????

                                           

     Já disse algures que ser português era “ UMATRAGÉDIA GEOGRÁFICA E UMA DESGRAÇA GENÉTICA”. Isto é uma opinião forte, que me faz ser odiado por alguns, mas não é totalmente disparatada.

     Li recentemente o resultado de um estudo de cientistas portugueses sobre o nosso ADN....Eles concluem que geneticamente não temos características definidas, sendo antes uma variada salada, onde abunda o ADN árabe e negro. Teremos portanto de procurar aí as qualidades que tanto gabamos a nós mesmos... Vamos dar uma curta vista de olhos nelas

 

A-    Grande capacidade de adaptação a quaisquer condições. Durante a guerra colonial, ouvi, de altas patentes, que não havia soldado no mundo ocidental que fosse capaz de suportar as más condições de vida, as privações, como os nossos eram. Podemos extrapolar isto para o cidadão comum em tempo de paz: CAPACIDADE DE ADAPTAÇÃO A CONDIÇÕES QUE OUTROS NÃO SUPORTARIAM. Mas isto é uma qualidade???? O ser humano é diferente dos outros animais, porque, ao contrário deles, que se adaptam ao ambiente e condições reinantes, o homem adapta as condições ás suas conveniências, muda as coisas até se sentir bem. Portanto, esta capacidade de adaptação conduz a uma acomodação que tem como consequência a imobilidade das coisas: o que é mau assim permanece, porque o suportamos, o toleramos e nos habituamos.

B-   Na última fase da minha vida activa, ensinei em cursos superiores de engenharia até ao grau de licenciatura. Com cada turma nova, quando já tinha algum conhecimento sobre quem tinha á minha frente fazia sempre uma experiência: perguntava aos alunos que vantagem tinha o nosso povo, perante a generalidade dos outros povos europeus? Gerava-se uma discussão, e eles acabavam, por consenso, por dizer: “ Somos mais desenrascados que os outros, professor”.A seguir eu perguntava: “ Somos mais desenrascados que um profissional alemão?”. A resposta era invariavelmente “sim, somos”, e aí eu perguntava: “porquê?” Aí as respostas começavam a ficar muito baralhadas até eu interromper e dizer: “ Meus senhores, um profissional alemão está muito menos habituado que nós a ter de se desenrascar, porque simplesmente ELE RARAMENTE SE ENRASCA! Ele começa por planear as coisas e fazê-las bem. Pelo contrário, nós passamos a vida a enrascar-nos por falta de profissionalismo, e, claro È SÓ POR ISSO QUE DEPOIS PASSAMOS A VIDA A DESENRASCAR-NOS. Nestas aulas, nesta cadeira, eu não quero que vocês se desenrasquem....QUERO QUE NÃO SE ENRASQUEM...ENTENDIDO?

(Sei de fonte limpa que a discussão entre eles sobre este tema continuava lá fora.....ao menos punha-os a pensar....)

 

publicado por mochovelho às 20:33
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 4 de Maio de 2008

DIA DA MÃE

 

       DIA DA MÃE

 

   As estruturas comercialeiras inventaram e deram grande expansão mediática aos “dias”.... dias disto , dias daquilo, enfim, criando quase a obrigação da lembrança , da prenda, comprada por bom dinheiro nas suas organizações. Lembro-me , já há muito tempo, que existia o dia da mãe, ( aliás , que eu saiba, mudou de data), que celebrávamos fazendo na escola  um desenho, uma pecinha de barro, escrevendo um postal, que entregávamos á nossa mãe juntamente com o nosso coração.... Hoje, as criancinhas têm de pedir ao pai que lhes dê dinheiro para comprarem um perfume Nina Ricci, um anel Hermês, ou um relógio Gucci, a julgar pelas abundantes sugestões que se vêm na televisão e nas revistas cor de rosa e não só.

   E no entanto, quanto devemos á nossa mãe??? Devemos tanto que nunca poderemos pagar.....a não ser com amor, veneração, e uma simples flor silvestre como símbolo. Mas não...Tudo está triturado pela máquina comercial de uma maneira horrível, pois sabendo como as crianças são, podemos imaginar o desapontamento de algumas por não poderem acompanhar esta consumite aguda.

  Parece que agora também instituíram o dia do pai,( já avisei a minha filha que não aceito Ferraris, só Porche ou Aston Martin), e o dia dos avós, isto porque um bom vendedor tem que criar as necessidades que levem ao desenvolvimento do comércio...... Não é de espantar que esteja para breve a criação do dia dos sogros, do dia das tias, dos primos, etc, etc....

                    ( SOCORRO!!!!!)

 

publicado por mochovelho às 23:04
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 3 de Maio de 2008

ALMOÇOS

 

   Neste país de gente que tudo sabe, que sobre tudo que existe, ( e não existe ), tem uma opinião, eu sou uma excepção burra no que respeita pelo menos ao caso Maddie.

    Algumas coisas se podem dizer, todavia, e uma delas será que, num mundo predador de crianças, em que todos os dias desaparecem algumas, (dezenas...??), o desaparecimento desta menina foi mediatizado até á exaustão. Esta mediatização, como tentativa de descobrir o que aconteceu á criança, não pode ser considerada errada sob o ponto de vista dos pais, mas, se eu por exemplo, nas mesmas circunstâncias, o quisesse fazer não o conseguiria, de certeza.....pelo que os McAn devem ter grandes influências a apoiá-los. Nada a dizer, pois não aproveitar , num caso destes, as influências que têm seria inaceitável. Se a mediatização foi positiva ou negativa para encontrar a menina, esse é um aspecto a discutir, pois sendo ela própria a prova de um crime, será lógico que o criminoso, a existir de facto, trate de se livrar dessa prova o mais rápido possível, especialmente se o crime é muito divulgado. Por outro lado, a mediatização teve a vantagem de manter muita gente alertada para o facto e vigilante segundo as suas possibilidades....

    No senso comum nacional, para além da condenação dos pais por terem deixado a criança abandonada, surge depois a suspeita de serem eles próprios os obreiros desse desaparecimento..... e terem optado pela mediatização massiva para desviar as atenções de si próprios. Rebuscado...mas impossível? Não sei! Prova-se que em Portugal, a grande percentagem de atentados á integridade física e moral das crianças parte dos próprios familiares.... Como será com os ingleses? As circunstâncias poderiam até não ser criminalizáveis mas resultarem de um infeliz acidente, e, sabemos bem que em muitos casos de desgosto extremo, as pessoas são vítimas de um processo de rejeição e negação dos factos por simples trauma.

    Por enquanto estamos pairando numa nuvem de dúvidas...Mas há uma coisa, (acusação), que recentemente veio a lume e na qual eu acredito. Diz essa acusação que a policia judiciária trabalhava mal e os seus agentes passavam horas a almoçar nos restaurantes locais em vez de se dedicarem ás tarefas de investigação....E acredito porquê? Porque toda a gente sabe que essa é a maneira mais corrente dos portugueses trabalharem e não há razão nenhuma para os agentes da judiciária serem diferentes!!!!!!!

     E é tudo o que SEI sobre o caso Maddie.

 

publicado por mochovelho às 23:41
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim


ver perfil

. 1 seguidor

pesquisar

Agosto 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

AS APLICAÇOES PRÁTICAS D...

DESCRIMINAÇÃO

VIVA A BADERNA

HAVERÁ TERCEIRA VIA??

Há terceira via??????

O PADROEIRO

EMÉTICO

ACUDAM !!!!!

...

BIBA!BIBA!BIBA!

TERRORISMO E PRESERVATIVO...

A CRISE

DISCIPLINA

O QUE SERÁ?

O REGRESSO DOS ABUTRES

O IMOBILIÁRIO

A CRISE

QUE TAL....

Aonde vamos????

DUARTE de ALMEIDA

arquivos

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

links

blogs SAPO

subscrever feeds